quinta-feira, 13 de setembro de 2018

No Oeste baiano homem é condenado a 16 anos de prisão por feminicídio


Um homem, de 36 anos, foi condenado à pena de 16 anos de prisão acusado de matar a ex-companheira, de 48 anos, em Carinhanha, no oeste baiano. Jair Rodrigues Alves foi considerado culpado pela morte de Amélia Maria Damaceno. O crime ocorreu em abril de 2016. Segundo o site Folha do Vale, o caso foi julgado no fórum do município na terça-feira (11).

O fatoo foi denunciado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) que acusou o réu por crime de homicídio qualificado, pelo uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, por motivo fútil e emprego de meio cruel, prevalecendo da condição do sexo feminino e das relações familiares. Conforme o inquérito policial, o acusado estava separado e não aceitava o fim do relacionamento, além de já ter ameaçado a matar a vítima. No dia do crime, ele foi à casa da ex-mulher para tentar reatar o relacionamento, porém, a mulher foi surpreendida e morta com golpes de pau.


Deixe um comentário
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco