quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Homem envolvido no assalto ao banco de Jacobina morre em confronto durante operação que evitou roubo de valores


Uma operação integrada deflagrada, na madrugada desta quarta-feira (26), evitou o roubo de um avião que transportava valores e desmontou uma quadrilha que agia nos estados da Bahia e Pernambuco. Com seis criminosos foram apreendidos, até o momento, sete fuzis, entre eles um calibre 50.
Equipes da PM da Bahia (Cipe Caatinga), da polícia de Pernambuco e da Polícia Federal acompanhavam a movimentação da organização criminosa. Sabendo do plano de roubar uma aeronave com valores, no Aeroporto da cidade de Salgueiro (PE), a operação foi deflagrada.
Segundo informações durante a ação, em que seis suspeitos foram mortos em confronto, entre eles o ex-Cabo da Polícia Militar da Bahia, Galdioso Moura da Silva, de 47 anos, acusado de envolvimento no assalto ao Banco do Brasil de Jacobina, ocorrido na madrugada do dia 9 de fevereiro de 2016. O ex-PM era suspeito de envolvimento em outros assaltos a bancos e carros-fortes, incluindo o ocorrido em Bom Jesus da Lapa, que culminou na morte de dois policiais militares. Galdioso também participou de assaltos em Remanso, Juazeiro e Petrolina, informa a nota da polícia.
O grupo atirou nas guarnições e, no confronto, seis criminosos acabaram morrendo. Com a quadrilha os policiais apreenderam um fuzil calibre 50, seis fuzis AK 47, carregadores e munições.

Diligências em busca de outros integrantes estão sendo realizadas na divisa entre a Bahia Pernambuco. "Mais uma demonstração da importância do trabalho integrado. Avançamos muito no combate ao roubo de banco e agora estamos fechando o cerco contra quadrilhas que agem contra transportadoras de valores", destacou o secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa.


Deixe um comentário
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco