segunda-feira, 6 de agosto de 2018

MINISTROS DO STF DECIDEM NA QUARTA SE AUMENTAM O PRÓPRIO SALÁRIO


Parte do STF é contra o aumento de 12%, que deve ter efeito cascata e  impacto estimado em R$ 3 bilhões. Uma ala é a favor da aprovação do novo subsídio sem contrapartidas
Os ministros do Supremo Tribunal Federal devem decidir na quarta-feira (8) se aumentam os próprios salários. De acordo com a Folha, a  presidente do Supremo, Cármen Lúcia, é contra o aumento, mas delegou a decisão ao colegiado.
Parte do STF é contra o aumento de 12%, que deve ter efeito cascata e  impacto estimado em R$ 3 bilhões. Uma ala é a favor da aprovação do novo subsídio sem contrapartidas.
Outra sugere que o STF condicione o reajuste, que melhoraria os salários de juízes em todo o país, ao fim do auxílio-moradia e outros benefícios pagos pelos tribunais estaduais, e a uma reforma da magistratura.




Deixe um comentário
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco