sábado, 30 de junho de 2018

Gilmar Mendes arquiva inquérito contra Aécio Neves por irregularidades em Furnas


O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, mandou arquivar o inquérito aberto para apurar se o senador Aécio Neves (PSDB-MG) tem participação em supostas irregularidades cometidas em Furnas, subsidiária da Eletrobras em Minas Gerais. De acordo com o G1, o pedido inicial da Procuradoria-Geral da República (PGR) foi para enviar o caso à primeira instância, mas o ministro Gilmar Mendes decidiu pelo arquivamento do caso. A investigação contra o tucano era um desdobramento da Operação Lava Jato. Aécio foi considerado suspeito de ter recebido propinas, por intermédio do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo, a partir de dinheiro desviado em contratos com empresas terceirizadas. Em sua delação premiada, o senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS) contou ao Ministério Público que Aécio foi beneficiário de um "grande esquema de corrupção" na estatal Furnas.

Deixe um comentário
Líder Notícias - O seu canal de informação! © 2013 - 2018 | Desenvolvido por Junior Pacheco