sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Funcionária do gabinete de Bolsonaro em Brasília vende açaí em Angra dos Reis

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) usa uma verba da Câmara dos Deputados para empregar uma vizinha dele que mora a cerca de 50 quilômetros da cidade de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. De acordo com informações divulgadas pela Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (11), a servidora trabalha em uma loja que vende açaí e também presta serviços na casa do parlamentar. Walderice Santos da Conceição, 49 anos, é uma das 14 funcionárias do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, e recebe salário bruto de R$ 1.351,46. No período de cerca de 15 anos como funcionária do deputado, ela já trocou de cargo dentro do gabinete aproximadamente 30 vezes. Walderice chegou a ocupar o posto mais alto possível dentro da estrutura parlamentar. Ainda de acordo com o levantamento da Folha, a função pode render um salário de até R$ 14,3 mil. O deputado nega que o dinheiro tenha sido usado para pagar serviços de casa e que Walderice seja funcionária fantasma. Questionado sobre o trabalho que ela deve cumprir, Bolsonaro afirmou que a funcionária reporta a ele ou ao seu chefe de gabinete qualquer problema da região. "Não tem uma vida constante nisso. É o tempo todo na rua? Não. Ela lê jornais, acompanha o que acontece", comentou. Questionado sobre exemplos de serviços realizados por Walderice, ele disse que precisava falar com o chefe de gabinete. "Como é que eu vou saber? Se eu mantiver um contato diário com meus 15 funcionários, eu não trabalho", disse. 
Com informações da Folha de S. Paulo.
Deixe um comentário